ORGANIZAÇÃO E EMAGRECIMENTO

A dieta alimentar e o exercício físico são conhecidos aliados numa alimentação saudável e, nomeadamente, no plano de emagrecimento. Mas sabia que o seu ambiente também desempenha um papel fundamental para emagrecer?

Olhe em volta da sua cozinha: as panelas e as frigideiras estão fora do lugar? Os recipientes de plástico caem dos armários? A sua despensa está uma bagunça? 

Se sim, saiba que está subtilmente a retirar conforto do caos e a entregar-se a alimentos menos saudáveis para si. A desordem na sua casa – especialmente na cozinha – cria um ambiente stressante e perturbador que pode terminar com a sua capacidade de manter um plano de perda de peso.

Eis como a organização a pode ajudar a perder peso, bem como algumas dicas sobre como arrumar a sua casa para criar um estilo de vida mais saudável.

Acha que as suas bancadas desarrumadas são apenas um aborrecimento? Um estudo americano de 2016 demonstrou que ambientes stressantes e caóticos, particularmente cozinhas desorganizadas, influenciam a procura de refeições com elevado teor calórico. Para determinar o impacto da construção mental e do ambiente na alimentação, os investigadores da Universidade de Cornell convidaram cerca de 100 mulheres a participar em cozinhas com condições normais e em cozinhas com condições caóticas e a escrever sobre a fase em que se sentiam particularmente descontroladas ou em controlo. Posteriormente, os participantes receberam biscoitos, bolachas e cenouras para provar e avaliar. Foi então possível verificar que os participantes com um mindset caótico na cozinha desorganizada consumiam mais biscoitos do que aqueles que estavam num espaço organizado.

Existem ainda mais estudos que o demonstram, bem como autores de livros como Brian Wansink e Peter Walsh´s que alertam a quem faz dieta, que arrumar e planear com antecedência pode ser tão importante para a perda de peso como o comprometimento com o exercício físico e uma dieta de baixas calorias.

A nutricionista Dafna Chazin, também reconhece que organizar tem sido um fator-chave na vida dos seus clientes que perderam peso com sucesso. Ela diz que as pessoas com casas desarrumadas muitas vezes lutam para manter os seus planos de perda de peso.

De acordo com a mesma, ambientes stressantes desgastam a capacidade de criar planos com os quais se comprometem. A disciplina para comer melhor e exercitar-se mais é diminuída pelo ruído visual e pela distração de pilhas de coisas ao nosso redor. “Se a pessoa não pode controlar a bagunça, começa a duvidar da sua capacidade de controlar a alimentação. Dá-lhe permissão mental para comer demais e comer sem pensar e acaba por procurar alimentos que realmente não deseja comer, como batatas fritas, sentindo-se depois envergonhada e desmotivada.”

Frigorífico

Chazin recomenda que se comece a organização por aqui:

  • Retire tudo e deite fora o que estiver fora de prazo ou seja desprovido de nutrientes. Depois, reabasteça apenas com alimentos que façam sentido para sua dieta.

“Quando abre o frigorífico, não pode ver recipientes com restos de comida chinesa. Deve ver iogurte e vegetais cortados na hora.“

Os alimentos que pretende comer com frequência devem ser colocados na frente e no centro, o mais próximo possível do nível dos olhos. Se precisar revolver as cenouras por trás de jarros de sumo cheio de açúcar, infinitas garrafas de condimentos e alimentos processados, é menos provável que as escolha quando estiver com fome, e o seu plano de perda de peso será prejudicado. 

Bancadas

Uma bancada cheia de papéis, aparelhos elétricos raramente usados ​​e outras tralhas não é propício para a preparação de refeições saudáveis. Basta olhar para a bagunça e mais facilmente desiste do plano para experimentar uma receita nutritiva, optando por comida fácil e rápida.

Chazin aconselha a colocar nas bancadas:

– uma tábua de alta qualidade, copos medidores e uma balança de cozinha

– também pode ser útil ter um processador de alimentos, liquidificador, grelha de bancada, dependendo do espaço e plano de refeições.

Quanto mais fácil for preparar e cozinhar, maior a probabilidade de fazer algo saudável em casa.

Congelador

A maioria das pessoas enche o congelador com carne, comida pré-congelada e recipientes de sobras esquecidos. Assim como com o frigorífico, descarte todos os alimentos antigos e sem valor nutricional. Em seguida, reabasteça-o com sacos de alguns vegetais, sopas e peixes e carnes.

Seja organizado e mantenha uma lista na porta do frigorífico, por ex., com o que está lá dentro. É essencial saber o que tem de comprar no supermercado e o que precisa para o planear as refeições.

Roupa

Outra área frequentemente desorganizada da casa que pode contribuir para o peso é a roupa. “Organizar a lavandaria facilita o exercício. Se tiver roupas limpas e organizadas, é mais provável que se exercite”, diz Chazin. Depois das roupas estarem limpas, junte as partes superiores e as partes inferiores do treino numa gaveta. Manter o exercício pode ser um desafio, especialmente quando ainda está a trabalhar para torná-lo num hábito regular. Garantir que tem sempre roupas de ginástica limpas – e que sabe onde encontrá-las – significa que terá menos uma desculpa para não ir ao ginásio.